quinta-feira, 6 de junho de 2013

Jovem de 32 anos foi executada a bala em Morada nova.

O crime aconteceu por volta das 18 horas, da quarta feira 05, na praça da matriz.

Quanto vale uma vida? Essa pergunta tem se tornado mais freqüente à medida que a sociedade ignora os valores espirituais, com essa banalização da vida a violência está estampada de forma assustadora em cada esquina das urbes.
Morada Nova como em outras cidades de interior, não foge a regra, o cenário da violência urbana, sendo que dessa vez foi na praça da matriz, onde uma jovem de 32 anos foi assassinada com requintes de crueldade. Ela mesma foi surpreendida possivelmente por duas pessoas que trafegava em uma moto de características não identificas que se aproximou da vitima e desferiram vários disparos, aonde a vítima já tombou sem vida.

O sinistro aconteceu por volta das 18hs, com a chegada da perícia forense e após os procedimentos de rotina, o corpo foi identificado como sendo de Brígida Estefânia Queiroz Melo 32, natural de Canindé, filha de Francisco Garcia de Melo e Sônia Raquel Queiroz Melo, jovem costumava vir a Morada visitar parentes.
No momento em que foi assassinada, Brígida conduzia entre seus pertences um crachá da TERMOLOSS onde trabalhava. A polícia acredita que a motivação desse homicídio tenha sido vingança, visto que nada foi subtraído da vítima.
A polícia constatou dez perfurações de arma de fogo, as marcas de bala atingiram em maior concentradas na região do tórax, fato que reforça a tese de se tratar de um crime motivado por vingança.

Por: Marcos Freitas
Fonte: TV Jaguar

Nenhum comentário:

Postar um comentário