quinta-feira, 11 de julho de 2013

Atirador pode ter sido avisado sobre ida de Daleste para show surpresa.

Polícia Civil está ouvindo produtores do show e da festa em Campinas.
"Não temos suspeitos oficiais", aponta o delegado que preside o inquérito.

Fotógrafo pode ter registrado ação de assassino de MC Daleste, em Campinas (Foto: Reprodução / EPTV)O cantor MC Daleste durante show em Campinas na
noite de sábado (6) (Foto: Reprodução / EPTV)
A Polícia Civil de Campinas (SP) está ouvindo produtores do show do funkeiro Daniel Pellegrine, o MC Daleste, e da festa onde ele foi baleado para saber se alguém avisou o atirador, já que Daleste seria uma atração surpresa da quermesse naquele sábado (6) no San Martin, zona norte da cidade.
“Não temos suspeitos oficiais, mas como o atirador sabia que ele estaria aqui (Campinas) se era um show surpresa?”, questiona o delegado Rui Pegolo do Setor de Homicídios e que preside o inquérito. Nesta manhã de quinta-feira (11), foi ouvido um produtor do show, identificado apenas como Rogério. O empresário do funkeiro também será ouvido. Mas os policiais esperam ainda a possibilidade de ouvir o irmão do funkeiro morto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário