segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

Limoeirense morre ao cair de altura de 35 metros no estádio da Copa, no AM



arena2

Um operário morreu após cair de altura de 35 metros, na madrugada deste sábado (14), no canteiro de obras da Arena da Amazônia. A vítima era Marcleudo de Melo Ferreira, de 22 anos, natural de Limoeiro do Norte, no Ceará. Ele trabalhava na montagem da cobertura do estádio que deverá sediar a Copa do Mundo em Manaus.

Funcionários da obra relataram que o operário caiu em cima de uma cadeira, que ficou danificada, próximo ao escanteio no lado direito do estádio.

Em nota, a construtora Andrade Gutierrez afirmou que realizará uma investigação interna para apurar as causas do acidente. “Reiteramos o compromisso assumido com a segurança de todos os funcionários. As medidas legais estão sendo tomadas em conjunto com os órgãos competentes. Lamentamos profundamente o acidente ocorrido e estamos prestando total assistência à família do operário. Em respeito à memória do mesmo, os trabalhos deste sábado foram interrompidos”, ressalta a nota.

Em maio deste ano, um operário morreu no local, em acidente similar ao ocorrido nesta madrugada. Raimundo Nonato Lima da Costa, de 49 anos, teria se desequilibrado e caído de uma altura estimada de cinco metros após tentar passar de uma coluna para o andaime, segundo a Polícia Militar (PM). A morte foi ocasionada por traumatismo craniano.

Nesta semana, outro incidente ocorreu envolvendo operários da Arena, mas desta vez fora do estádio. Seis trabalhadores foram atacados por abelhas nas proximidades do canteiro de obras. Eles foram encaminhados a dois hospitais da capital, mas liberados no mesmo dia após medicação. Os operários eram três alemães, dois portugueses e um brasileiro, com idades entre 27 e 58 anos.

As obras da Arena da Amazônia tiveram início em novembro de 2010 e a inauguração está prevista para janeiro de 2014, segundo declarou o governador Omar Aziz, nesta sexta-feira (13).

Fonte G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário