quarta-feira, 27 de dezembro de 2017

INAUGURAÇÃO DA CORDELTECA FEBRÔNIO LEANDRO DA SILVA.

MUITO OBRIGADA!
A literatura de cordel é contagiante, não só por representar a cultura do povo nordestino, mas também por nos ensinar sobre nossas raízes e demonstrar a essência de um povo que resiste aos desafios com alegria no rosto e esperança de dias melhores.
Ao iniciarmos o desenvolvimento das ações do projeto cordelteca muitas atribuições surgiram. Uma das primeiras era escolher o nome da cordelteca, nos veio a ideia de homenagearmos Seu Febrônio, uma pessoa ilustre e respeitada na nossa cidade, além de ser um cordelista de mão cheia que mesmo aos 106 anos tem uma memória surpreendente e recita com primazia.
Na sequência elaboramos o projeto com as ações a serem desenvolvidas, foram aulas de leitura e análises dos folhetos de cordel, rodas de conversas e entrevistas com os cordelistas encantenses, exibição e análises de documentários/vídeos, produção e refacção dos cordéis pelos alunos, além de muitas outras atividades.
Precisávamos de recursos para desenvolver algumas ações e como o valor prometido pela secretária de educação estadual ainda não tinha sido liberado, resolvemos realizar a rifa de uma prancha de cabelo e fizemos um almoço junino que possibilitou-nos pagar aos poetas repentistas Jonas Bezerra e Felipe Pereira que abrilhantaram a inauguração.
Uma das ações mais gratificante foi a gincana para coleta do maior número de cordéis, o que demonstrou o empenho e participação dos nossos alunos e foi imprescindível para constituir o acervo da cordelteca.
Ao organizarmos o livro e a inauguração da cordelteca novos desafios sugiram, mas recorremos aos colegas da Escola Estadual Cid Rosado e também a outras pessoas que não são da escola, mas que demonstraram o real significado da amizade e disponibilidade em nos ajudar; e ontem (26/12/2017) podemos apreciar um misto de arte e cultura ao acolhermos a sociedade encantense e amigos de outras cidades que prestigiaram a inauguração da Cordelteca Febrônio Leandro da Silva e o lançamento do livro De rima em rima se faz cordel.
Agradecemos a todos da Escola Estadual Cid Rosado que contribuíram direta ou indiretamente para que o projeto fosse desenvolvido e para que a inauguração acontecesse. Agradecimento extensivo a TODOS que contribuíram para que a inauguração fosse o show de cultura que presenciamos, desde os alunos/artistas que nos orgulharam com as lindas apresentações até aqueles que cederam um pouco do seu tempo ou bens para nos ajudar a organizar o espaço. Agradecimento carinhoso aos amigos cordelistas e ao público que prestigiou nosso evento.
O ato de cultivar a cultura é uma forma de mantermos viva a memória de um povo.
MUITO OBRIGADA A TODOS!
Paula Carmen do Nascimento Silva.








Nenhum comentário:

Postar um comentário